terça-feira, 13 de agosto de 2013

Ao Clube da Esquina

Muita vontade
De voltar por aqueles caminhos
Só de poesia e canção
Em cada esquina uma aventura
Vida simples, vida louca
De pés no chão.

Tantos sonhos e tanto querer
De viver feliz, outro mundo...
Livre da constante revolta,
Da angustia, da fome e inquietação.

Zerar a conta da desesperança,
Liquidar com as injustiças sociais,
Levar a vida com leveza,
Sem jamais mudar de Opinião.

E curtir, mas curtir muito...
Toda a beleza de um tempo
Um tempo que escapou com o vento
Levando nossas arestas.

Maria Lúcia de Almeida

Um comentário:

Maria Lúcia de Almeida disse...

http://www.youtube.com/watch?v=r3Gh3eHT140