domingo, 15 de julho de 2007

Elo frágil



Já são leves
Seus passos
Em meus sonhos
Sua sombra
Em nuances
Mal
reconheço
Seu perfume no ar
- alentece -
Um simples resto
Qual elo frágil
Em minhas saudades
Você permanece.

Maria Lúcia de Almeida

Um comentário:

artness disse...

legal o q vc escreve, mas eu tbm usava fundo escurão e letra brilhante e o povo falou q dá preguiça de ler pq cansa o olho, aí troquei por algo mais fosco, pq qdo eu mesma fui ler tambem cansei por causa do brilho.
dá uma lida nessas dicas:
http://www.guiadicas.com.br/category/dicas/